Title image

links


links

links


links


dot Trabalhos dos alunos


28 abril 2008

A Primavera chegou...


Esta manhã foi a grande azáfama para pôr de pé a exposição que o departamento de Artes Visuais se propôs fazer.

Participaram quase todas as turmas da Escola Conde de Oeiras









Os Banner desfraldaram-se e as árvores foram rainhas






As disciplinas de Educação Visual, Educação Visual e Tecnológica e Educação Tecnológica integradas no Plano Anual de Escola...









... festejam a Primavera








Nesta festa, as árvores passaram mensagens



e os moinhos rodopiaram, deixando a energia fluir.

submetido por Lourdes em 12:55 | 9 comentários links para este post

25 abril 2008

Arte com liberdade

Os cravos vermelhos deram as primeiras pinceladas de cor e liberdade às ruas de Lisboa...

Cartaz de Vieira da Silva 1974

...as artes exprimiram a liberdade


À esquerda, os artistas em acção, pintando um painel na Galeria de Belém

À direita, entrada da Galeria de Belém (com o cartaz de Vespeira e Rogério Ribeiro )






À esquerda, 25 de Abril em banda desenhada, de Jorge Garcês e A.Correia Reis



À direita, escultura de Lagoa Henriques (monumento a José Afonso)





Hoje, continuo a querer escutar, ver e sentindo os artistas do meu País que compõem, escrevem, pintam e esculpem um povo com que me identifico.



Num 25 de Abril fiz um barco de papel para um menino que se cruzou comigo.

Ele fez vários e transformou-os num cravo que me ofereceu...

Não sei o seu nome nem onde está, mas é certamente alguém que sabe viver o sonho neste País.

submetido por Lourdes em 09:38 | 2 comentários links para este post

21 abril 2008

Projecto Escolas Verney

A turma A do 6º Ano da escola Conde de Oeiras foi, uma vez mais, até à Livraria Galeria Municipal Verney.

À nossa espera encontrava-se a Dr.ª Maria José Rijo que, como sempre, nos recebeu com toda a sua dedicação ao projecto.

Escultor José Núncio
Falou-nos de José Núncio, o escultor; pudemos apreciar algumas das suas obras.

Foi um militar de carreira que, após a sua reforma, se dedicou à escultura, a tempo inteiro.

Além de escultor, também foi poeta e escritor, mas foi como escultor que alcançou vários prémios nacionais e internacionais.

submetido por Lourdes em 21:42 | 8 comentários links para este post

19 abril 2008

Escola viva e activa com poesia

Escola Conde de Oeiras - Durante toda a semana houve partilha de leituras entre turmas, na disciplina de Língua Portuguesa.

Partilha de leitura de poemas entre a turma A do 5ºano e a turma K do 6ºano, na aula da professora Isabel Almeida Santos.


Nesta iniciativa, os alunos de uma turma «invadiam» com poemas os colegas de outra turma que, por sua vez, lhes devolviam a visita, do mesmo modo.

Na disciplina de Língua Estrangeira - Inglês criou-se poesia.

Vieram escritores até à escola falar de si e da sua obra.

Na disciplina de
Educação Visual e Tecnológica,
com as Turmas A, K e L, do 6º Ano participámos fazendo uma exposição de trabalhos de poesia visual ou experimental


No último dia, para encerrar a actividade, contámos com a participação de toda a comunidade escolar...

... e, ainda, com a presença do poeta Jorge Castro e a contadora de histórias Edite Gil, houve festa das letras; foi a dança de palavras ditas por alunos, professores, pessoal auxiliar de acção educativa, encarregados de educação e pelos convidados referidos.



Momentos de poesia
e sessão de autógrafos

submetido por Lourdes em 19:56 | 6 comentários links para este post

17 abril 2008

Tecelagem de encontros de vida.

Em 1974, esta era a Minha Escola adorei ser aluna de uma escola diferente...

Era uma escola que formava, tendo as artes como primeiro objectivo.
Para o exterior, tratava-se de uma escola de gente com alguma loucura.
As pessoas com quem me cruzei, professores e colegas, era gente que gostava de viver a vida, sabiam e queriam viver com alguma dose de excentricidade.

Corredor de entrada - exposição temporária de alunos

«Sem loucura o que é o homem
Mais que besta sadia
Cadáver adiado que porcaria?» Fernando Pessoa

Aprendi muito nesta escola: A relação entre professores e alunos era ÓPTIMA; recordo vários PROFESSORES (com maiúsculas) . Eles fizeram e fazem parte daquilo que eu sou hoje.


Ponto por ponto tece-se o encontro

Escultura de Teresa Carepo

Oficinas de Cerâmica
Grês bordado com linha de algodão
-Exposição Temporária de alunos



A poesia cruzou-nos, a mim, ao Carlos Feio e à Elisabete Miguel e, ponto a ponto, tecemos o encontro...


Sala Lino António, onde expõem os artistas exteriores à escola.

Obra exposta - antifonia - de Pedro Ferreira.


Para a próxima visita à minha escola espero rever um dos meus antigos professores, a quem chamávamos carinhosamente de Professor Joãozinho e que continua a integrar o quadro docente.
Pelos ecos que me chegaram, ele ainda se lembra da viagem de finalistas que fizemos: eu ainda aluna e ele já professor.

submetido por Lourdes em 19:28 | 7 comentários links para este post

10 abril 2008

Escola Activa e Partilhada



Esta semana, no Centro de Recursos da Escola Conde de Oeiras, os alunos puderam visitar a exposição de Madalena Bensusan.











Nasceu em Lisboa. A dedicação ao livro e à leitura começou quando era estudante. Quando acabou o liceu, entregou-se ao mundo das livrarias, ao mesmo tempo procurava ter formação nessa área. Tirou o curso de livreiro.

Continuou o percurso de livreiro, passando por várias livrarias. Abraçou o projecto que tinha como base a divulgação do livro e da leitura. Fazendo com que cada um de nós sinta que o livro e a leitura fazem parte dos nossos dias.

Um dia, olhando para o rio Tejo imaginou pequenas criaturas sobre rochas que se adaptavam ao ambiente, encontrando a posição ideal para ler.

Assim nasceram as «Pedras do Leitor», onde estes pequenos seres procuram sempre alcançar os livros e uma posição confortável ou sugestiva para usufruir de uma boa leitura.

***
O Director de Turma, o professor Amílcar Dias, fez o desafio...
A Encarregada de Educação do aluno João Moura, a «mãe» Rita Moura (Professora de design no I.A.D.E., de Lisboa) esteve na aula de Educação Visual e Te
cnológica da Turma A do 5º Ano, numa partilha de saberes entre a Escola e a Família.

Falou sobre o que é um «Diário Gráfico», qual a sua importância e utilidade prática.
Ao desenharmos, desenvolvemos a forma de ver o mundo e ainda agilizamos a nossa destreza manual e psíquica no global. Educamos as nossas mãos na arte de desenhar objectos e pessoas.


Os alunos ouviram com interesse e participaram nos desafios que lhes foram feitos.

Agradeço a todos por me terem dirigido este convite.

submetido por Lourdes em 16:58 | 9 comentários links para este post

05 abril 2008

Exposições Temporárias


No Museu do Chiado
em Lisboa


«REVOLUÇÃO CINÉTICA»

a arte cinética baseia-se numa utopia: levar a arte à vida.


Nadir Afonso, Yaacov Agam, René Bértholo, Martha Boto, Eduardo Nery, Victor Vasarely e muitos outros fazem parte desta exposição.

Arte Cinética, forma de arte contemporânea proveniente da abstração e fundada sobre o caracter mutável da obra. Foi uma das correntes artísticas que mais se aproximou dessa meta, teve influência na sociedade, como fonte de inspiração em diferentes áreas como a moda, a arquitectura, e a criação gráfica.


O público pode movimentar-se no interior das obras podendo mesmo perder-se nelas, interagir com elas, apreender com elas e misturar-se com elas.

A obra necessita dos olhos do espectador para estar viva.
Se ninguém passar diante da obra, mesmo que fugazmente, a obra não é sentida, não gerando continuidade.



De 14 de Março a 16 de Junho
no Museu do Chiad
o - em Lisboa.

Vai até lá.







Na escola Conde de Oeiras, em Oeiras, também está uma exposição temporária

Um Olhar sobre a obra
de Maria Morais






artistas intervenientes:
Alunos da Turma A do 6º Ano








submetido por Lourdes em 22:10 | 3 comentários links para este post