Title image

links


links

links


links


dot Trabalhos dos alunos


31 março 2009

João Vieira - As Imagens da Palavra -

A Pintura, para João Vieira, é uma arte de organização alfabética, num país onde os poetas são pintores e os pintores são poetas...

Pinto quadros por letras, por sinais.
Tão luminosos como os do levante,
nas horas em que a calma é mais queimante
na quadra em que o Verão aperta mais.

nós, 1884 - Cesário Verde

A exposição «AS IMAGENS DA PALAVRA»

foi inaugurada a 21 de Março, Dia Mundial da Poesia, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.













João Vieira inicia a sua carreira de artista plástico por volta de 1956. Em Portugal, ao nível
artístico, tudo era muito conservador, estávamos parados no tempo...


Decide imigrar para tentar abrir os seus horizontes, acedendo as novas expressões plásticas.

Vai para Paris onde tem contactos com vários artistas portugueses e estrangeiros, em áreas como a pintura e a escrita.

Experimenta e colabora com a artistas e escritores de diversas proveniências.



Constrói a sua própria linguagem tendo a escrita como base.

Utiliza novos materiais: espumas flexíveis, tintas de automóvel, etc. Passa das duas dimensões para a tridimencionalidade dando origem a trabalhos com grande originalidade e com escalas variadas.






Penetrável «La Vida Es Un Bolero» - Impressão sobre tela.

(cada elemento aprox. 300x150cm em colaboração com Hildebrando Soares)

Esta instalação era mesmo penetrável. É sugerido dançar entre os vários banners, pois os passos estão no chão e a dança acontece. Vamos: um-dois, um-dois-três...



















































































Vai até ao CCB. A exposição está patente ao público até 20 de Abril de 2009.

submetido por Lourdes em 22:45 | 7 comentários links para este post

28 março 2009

Primavera...

Na noite em que se desligaram as luzes durante uma hora, em vários pontos do mundo para que a Terra respire

submetido por Lourdes em 23:23 | 5 comentários links para este post

19 março 2009

Projecto Escolas Verney


Mais uma vez a Drª Maria José nos recebeu na

Livraria Galeria Municipal Verney, em Oeiras.










Desta vez, vimos a exposição colectiva da Associação Cultural - MAPA com o título «Diálogos de Expressões»

A partir de um painel fotográfico de Neuza Faustino, 13 artístas Plásticos de diferentes áreas - Pintura, Desenho, Escultura, Escrita Criativa e Fotografia realizaram uma leitura pessoal da obra e o resultando foi a exposição dos trabalhos que vimos.






































Os alunos da Turma B do 6º ano da Escola Conde de Oeiras criaram também eles «Diálogos de Expressões» usando o próprio corpo (foto em cima, à direita).

***

No piso terreo, vimos a exposição do pintor Albano Neves e Sousa, pintor considerado de raízes tropicais ou não fosse a sua obra pintada por terras de Angola, Brasil e Cabo Verde. As suas obras foram um contributo importante para a cultura da lusofonia. As obras que vimos e muito do seu espólio foi doado à Câmara Municipal de Oeiras.











A Drª Maria José a mostrar o cavalete e o quadro que o pintor estava a fazer aquando da sua morte.


Vai até à Galeria Verney em Oeiras e poderás apreciar tu próprio estas exposições.

submetido por Lourdes em 16:50 | 2 comentários links para este post

11 março 2009

Navio-Escola Sagres

O João Mendes, aluno do 5º H, já nos tinha proposto uma visita ao navio-escola Sagres. «- Se os professores quiserem, poderemos fazer uma visita guiada ao navio-escola Sagres. O meu pai poderá recebê-los...»

O drector de turma, o professor Pedro Bessa, preparou tudo e lá fomos nós, alunos e professores, até o Alfeite.

O actual navio-escola Sagres foi construído nos estaleiros de Hamburgo, em 1937.




Navio-escola Sagres
- A figura de proa do navio é o Infante D. Henrique, um dos símbolos do navio





Em 1961, foi adquirido por Portugal, ficando assim a pertencer à marinha portuguesa. Este veleiro passou a substituir o antecessor navio-escola adquirindo o seu nome, -Navio-escola Sagres. Assim ficou assegurada a formação marinheira dos futuros oficiais da Marinha Portuguesa, completando-se a formação académica com a técnica.




Início da visita companhada pelo Oficial-dia


O primeiro Comandante deste navio foi o Capitão-Tenente Henrique Afonso da Silva Horta, em 1962. A 25 de Abril desse ano, o navio-escola largou de Lisboa para a primeira viagem com bandeira Portuguesa, tendo chegado a Lisboa a 23 de Junho, depois de ter feito escala no Recife, Mindelo e Funchal.







Momentos da visita ao navio







Os alunos desenharam elementos do navio







Bandeira Portuguesa e placa com os nomes de todos os comandantes do Navio-escola Sagres




O navio-escola tem efectuado anualmente viagens de instrução com cadetes da escola Naval.

Este navio é também utilizado como Embaixada itinerante de Portugal.

No âmbito das suas missões a «Sagres» já cumpriu duas viagens de circum-navegação.

Participou na regata Colombo em 1992.

Em 1993, integrou as comemorações dos 450 anos da chegada dos portugueses ao Japão.

O Dia da Marinha é a 20 de Maio, dia que assinala a chegada de Vasco da Gama à Índia.

Alguns alunos e os professores foram recebidos no gabinete de trabalho do Comandante do navio, que é detentor de um vasto currículo profissional, do qual constam vários louvores individuais e colectivos, numa carreira de mérito.




João Mendes junto aos Lusíadas

O Capitão-de-fragata Luís Pedro Pinto Proença Mendes levou-nos até à sala nobre do navio onde recebe todas as individualidades portuguesas e estrangeiras e ofereceu à escola Conde de Oeiras uma gravura da Sagres com uma frase sua com que quis honrar a nossa visita ao navio-escola, « Invistam na vossa educação, pois essa será a vossa maior riqueza».










submetido por Lourdes em 21:20 | 14 comentários links para este post